Pages

25 novembro 2012

Virgulas e pontos finais!

A cada dia que passa a vida me transforma e retransforma meu EU interior, tenho percorrido o mesmo caminho muitas vezes,  e em nenhuma delas eu continuo, sou sempre forçada a parar ou algo, alguém ou as circunstâncias me detém a continuar.
Sempre com a mesma questão: Será que vale a pena?
Escrevo sempre, porque sempre me fez bem, confesso escrever mais quando estou de coração apertado ou de saco cheio, mas enfim é para mim sem dúvida a melhor forma de afrouxar  minhas emoções exageradas...
Sou realmente sentimental até o fio do cabelo, ou o dedinho do pé, sinto profundamente cada gesto ou cada palavra, sei que isso na maioria das vezes me retorna de formas não muito satisfatória, rs !
Felizmente ou infelizmente essa característica é irremediável, incurável.
Já se faz alguns dias que eu me sinto assim, DEscontente, DEsconfiada, DEsiludida, aliás ando DEtestando esses DE's, se meu padrinho  fosse vivo, com certeza ele me diria o significado oculto por trás disso, mas infelizmente esse não é o caso.
Uma vez, ele me disse, que eu sou ansiosa demais, e sou, com todas as urgências do saber!
Ando DEscobrindo muitas de mim , mas estou bem por saber que na maior parte do meu "EUs", sempre busco ser o melhor, em fazer o melhor, em pensar no melhor. Talvez de certa maneira essas urgências DEsenfreadas me sirvam de apoio para o que eu preciso ou anseio por ser aqui.
Se cada um é aquilo que semeia, então está nas mão de cada um ser o que quiser, não é mesmo?
Semente a semente veio me transmutando, me transformando e acabo por dizer, que o tudo não acabou!
Tem mais, muito mais atras do que posso enxergar...
E eu?
Não parei de caminhar não, a vida pode me trazer milhares de vírgulas , e em cada uma eu analiso uma nova  oportunidade de continuar, e quanto aos pontos finais?
Eu encaro, levanto e começo de  novamente, todo fim é com certeza um novo começo!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sonham comigo...