Pages

30 julho 2010

 

Limites não mantém os outros de fora.
Eles te prendem dentro, portanto,
você pode passar a vida traçando linhas,
ou viver a sua vida atravessando-as.
Mas existem certas linhas que são perigosas demais para se cruzar.
Se você tiver disposto a arriscar, a vista do outro lado é espetacular!


(Grey's Anatomy)

27 julho 2010

Tainá Faco

 
 
"O barulho aqui fora me impede de ouvir o meu silêncio.
 
Meu coração está assim. Farto de todas essas saudades, de todos esses 
 
amores fracassados, de todas essas tentativas, de tantas perdas.  
 
Ando cansada de certas coisas que antes pareciam ter graça e hoje não fazem 
 
sentido algum. Sinto tudo num só instante. 
 
Eu sou o pulsar do mundo ao mesmo tempo que o mundo me suga.
 
Meu corpo abriga um cansaço que se expande de dentro pra fora. 
 
Dilacera minhas certezas. 
 
Embaraçam meus sonhos. Deixa tudo por um fio. E nesse fio eu caminho 
 
bamba. Quase caindo. 
 
 Meu querer se embolou e sabe como eu fiquei? Perdida. 
 
Em mim e nessa coisa que eu chamo de meu mundo. Será que em tempos 
 
de 
 
tantas carências e necessidades, seria ousadia demais a minha denominar 
 
algo
 
como "meu"?
 
 Eu não sei. A única certeza que tenho é que além de mim, só eu me resto. 
 
 
que também não é absolutamente estável, porque eu também me traio. 
 
Eu 
 
também me engano. Às vezes de propósito. Outras vezes por puro 
 
descuido ou
 
por realmente merecer. Você acredita nisso: que a gente tem o que 
 
merece?"


25 julho 2010

Martha Medeiros








 "...não tente chegar na hora marcada
ele pode vir antes, ou chegar depois
o amor deixa sempre 
esperando..."

24 julho 2010

FECHE os olhos e IMAGINE...

 
 
Esses dias descobrí que não somos nós que escolhemos um livro, ele deve nos escolher primeiro...Que ler não é apenas inalar ar e soltar conjuntos de letras... Mas sim desentalar sentimentos nas profundezas de nossas almas.Libertar desejos intocáveis e delirar com os pés na eternidade.É voltar a ter esperança. Fazer pedido ás estrelas.

23 julho 2010

Acreditar!!! Por que não??!!

 
 
 
"Um dia, eu disse a mim mesma
que o mundo no qual eu acreditava
haveria de existir em algum lugar do planeta!
Haveria de existir!
Nem que este lugar
fosse apenas dentro de mim..."

(Rita Apoena)

22 julho 2010

Ana Jácomo


Tinha um jeito singular de fechar os olhos quando experimentava emoção bonita, coisa de segundos e coisa imensa. Era como se os olhos quisessem segurar a lindeza do instante um bocadinho, o suficiente para levá-lo até o lugar onde o seu sabor nunca mais poderia ser perdido.

Eu via, olhos do coração abertos, e nunca mais perdi de vista o sabor desse detalhe. Porque quem ama vê miudezas com olhar suficiente pra nunca mais se perderem
.

21 julho 2010

...

 
 

Deixo
as
interrogações
para
os
que
não
têm
certeza
.
.
nós temos! (e ponto de exclamação)
.
.
São
Sentimentos
em
reticências
.
.
...o nosso...
.
. 
Sem
virgulas
nem
pontos
finais. 
.
 
...Erikah Azzevedo....

Pedaços de mim...


Martha Medeiros fala daquilo que constitui amago, de sentimentos, de saudades, de coisas perdidas... Tenho uma identificação profunda por suas palavras.


PEDAÇOS DE MIM

Eu sou feito de
Sonhos interrompidos
detalhes despercebidos
amores mal resolvidos

Sou feito de
Choros sem ter razão
pessoas no coração
atos por impulsão

Sinto falta de
Lugares que não conheci
experiências que não vivi
momentos que já esqueci

Eu sou
Amor e carinho constante
distraída até o bastante
não paro por instante

Tive noites mal dormidas
perdi pessoas muito queridas
cumpri coisas não-prometidas

Muitas vezes eu
Desisti sem mesmo tentar
pensei em fugir,para não enfrentar
sorri para não chorar

Eu sinto pelas
Coisas que não mudei
amizades que não cultivei
aqueles que eu julguei
coisas que eu falei

Tenho saudade
De pessoas que fui conhecendo
lembranças que fui esquecendo
amigos que acabei perdendo
Mas continuo vivendo e aprendendo.

Martha Medeiros

20 julho 2010

Que assim Seja!!!!


Que Deus não permita que eu perca o ROMANTISMO, mesmo eu sabendo que as rosas não falam. 
Que eu não perca o OTIMISMO, mesmo sabendo que o futuro que nos espera não é assim tão alegre Que eu não perca a VONTADE DE VIVER,mesmo sabendo que a vida é, em muitos momentos, dolorosa...
Que eu não perca a vontade de TER GRANDES AMIGOS,mesmo sabendo que, com as voltas do mundo, eles acabam indo embora de nossas vidas...
Que eu não perca a vontade de AJUDAR AS PESSOAS,mesmo sabendo que muitas delas são incapazes de ver,reconhecer e retribuir esta ajuda.
Que eu não perca o EQUILÍBRIO,mesmo sabendo que inúmeras forças querem que eu caia. Que eu não perca a VONTADE DE AMAR,mesmo sabendo que a pessoa que eu mais amo, pode não sentir o mesmo sentimento por mim...
Que eu não perca a LUZ e o BRILHO NO OLHAR,mesmo sabendo que muitas coisas que verei no mundo, escurecerão meus olhos...Que eu não perca a GARRA,mesmo sabendo que a derrota e a perda são dois adversários extremamente perigosos
Que eu não perca a RAZÃO, mesmo sabendo que as tentações da vida são inúmeras e deliciosas.
Que eu não perca o SENTIMENTO DE JUSTIÇA,mesmo sabendo que o prejudicado possa ser eu.
Que eu não perca o meu FORTE ABRAÇO, mesmo sabendo que um dia meus braços estarão fracos...
Que eu não perca a BELEZA E A ALEGRIA DE VER, mesmo sabendo que muitas lágrimas brotarão dos meus olhos e escorrerão por minha alma...
Que eu não perca o AMOR POR MINHA FAMÍLIA,mesmo sabendo que ela muitas vezes me exigiria esforços incríveis para manter a sua harmonia.
Que eu não perca a vontade de DOAR ESTE ENORME AMOR que existe em meu coração, mesmo sabendo que muitas vezes ele será submetido e até rejeitado.
Que eu não perca a vontade de SER GRANDE,mesmo sabendo que o mundo é pequeno...
E acima de tudo... Que eu jamais me esqueça que Deus me ama infinitamente, que um pequeno grão de alegria e esperança dentro de cada um é capaz de mudar e transformar qualquer coisa, pois....
VIDA É CONSTRUÍDA NOS SONHOS E CONCRETIZADA NO AMOR!


Francisco Cândido Xavier

16 julho 2010

Sempre Clarice... * . *

...há impossibilidade de ser além do que se é -
no entanto eu me ultrapasso mesmo sem o delírio,
sou mais do que eu, quase normalmente -
tenho um corpo e tudo que eu fizer é continuação
de meu começo......
a única verdade é que vivo.
Sinceramente, eu vivo.
Quem sou? Bem, isso já é demais...

(C.L )

13 julho 2010

 
" A primeira desilusão você encara como a última,

só na segunda você percebe que é só o começo..."



{ Diana Carísio }

12 julho 2010

É só o meu jeito...

Tem dentro dela as quatro estações, mas é apaixonada pelos dias ensolarados, e por noites enfeitadas de estrelas brilhantes.

Em uma de suas gavetas, guarda uma caixa de lápis para colorir sua história, escolhe as cores de acordo com o seu astral, as mais alegres são as suas preferidas. Mesmo se algo não vai bem, não há um dia que termine sem que ela não dê pelo menos um sorriso, ela sempre tem bons motivos para isso.

Com cores vibrantes, ela pinta e retoca o que está fosco. Se há coisas que a deixa triste, ela passa borracha, liquid paper ou até arranca a página só para poder desenhar de novo. Contorna com gliter as boas lembranças que é para o tempo não apagar. Cria novos tons para os momentos que virão, educa as ideias, e escolhe ir pelo caminho mais florido e reluzente.

Sua razão a mantém com os pés no chão, mas o seu coração guia os seus passos e por isso ela consegue voar. Ela é sempre uma largata virando borboleta. Tudo nela se transforma, não há nada imutável. Gosta do imperfeito, sobretudo porque admira a busca de ser alguém melhor.

Ela sabe que não está sozinha, tem uma família essencialmente linda, tem amigas para todas as horas e um amor para cultivar. Ela não é dona de ninguém, mas é do seu nariz, dos seus sentimentos e de suas razões.
Tem personalidade e um gênio do tipo bem forte. Por vezes isso bom, por outras, nem tanto.

Tem um olhar que sempre enxerga além das aparências, e os seus cinco sentidos são bem aguçados. É quente ou é fria, nunca é morna, ela odeia meio termos, não gosta do mais ou menos, ou é 8 ou é 80. É teimosa, é insistente, é insaciável, sempre deseja mais da vida. É maluca, inconstante e difícil. É Alegria, é diversão, é aventura.

É exagerada, desastrada e cheia de manias. É amável , é detestável, é doce, é amarga. Ela tem um coração do tamanho do mundo e ao mesmo tempo do tamanho de um grão, a entrada é para quem ousa se aproximar, mas a permanência é para raros.

Gosta de tudo que é simples, é adepta aos detalhes e sente ciúmes de tudo que ela não quer perder. Vive cada instante intensamente, se apega as emoções. Todo dia, ela descobre novos motivos para acreditar, vive dando reviravoltas. Nela, há uma paz que eu chamo de felicidade, nela há sonhos...muitos!

Karine Melo

11 julho 2010

Sem manual, me ame!!!!

Eu que tão pouco sei de mim
que teimosa e cheia de caras
vou à busca de algo sem fim
olhando nos olhos, quebrando barreiras

meu manual quebrado
meu disco lascado
e eu aqui nem penso
em mudar todo o sentimento

os amores e desejos
algo preso bem aqui dentro
e gritado, cantado, falado
me faz muda me faz sonetos

meus livros me descrevem
meus olhos me entregam
e eu já nem sei falar meu nome
de tantos outros, me esqueço

se tens medo por não saber quem sou
se tens medo por não saber me decifrar
se tens medo e não arriscas
é porque realmente não sou quem sonhou

deixei de lado o manual do passado
meio louca, fora de mim
bebi um vinho meio gelado
tonta, me perguntei qual será o fim?

se souberes me diga, me entenda
me decifra, me beba, me tenha
aos teus braços e mesmo sem definição
tenhas enfim, coragem e me ama.
 
                       http://defatopalavras.blogspot.com/2010/05/sem-manual-me-ame.html                          
(Um blog muito fofo que encontrei...vale a pena a visita *.*)